Educação de Itajaí é destaque nacional na utilização da internet para aprendizagem

Foto divulgação

O Município de Itajaí é destaque nacional no uso da tecnologia para estimular a educação de crianças e adolescentes. Nesta semana, o jornal O Globo mostrou que a cidade está muito a frente da maior parte do país: todas as 116 unidades escolares itajaienses usam a internet para aprendizagem de quase 40 mil alunos.

Segundo dados de uma pesquisa da Fundação Lemann, apresentados na reportagem, nem metade dos colégios espalhados pelo Brasil utilizam a internet para aprendizagem, enquanto nove em cada 10 docentes acreditam que o recurso é essencial. O levantamento aponta ainda que, em 2021, 21% das escolas públicas não tinham acesso à internet e 75% das escolas declararam ter internet apenas para uso administrativo.

Na Rede Municipal de Itajaí, 1.195 computadores estão à disposição de alunos, professores e do corpo administrativo das unidades de ensino, de acordo com a Diretoria de Tecnologias Educacionais (DITEC). Todos equipamentos são conectados a um ponto de internet via fibra, pago pelo Município.

Além disso, 45 unidades de ensino de Itajaí contam com laboratórios de informática próprios, que desenvolvem uma série de projetos de educação e inovação na área tecnológica. O objetivo dos espaços é propiciar aos estudantes e professores aprendizagens criativas, práticas e interdisciplinares, inserindo-os na cultura digital.

“Levar a tecnologia para a sala de aula e investir em conteúdos interativos pode deixar o processo de aprendizagem ainda mais atrativo, despertando a curiosidade dos nossos estudantes e, consequentemente, aumentando o seu engajamento e a satisfação em aprender algo novo, preparando-os, desta forma, para o mercado de trabalho”, destaca Edizael Adriana da Rosa, supervisora da DITEC.

Projetos de educação e inovação na área da tecnologia

O projeto “Laboratórios de Informática Maker: Criar, Compartilhar e Transformar” é um dos bons exemplo do uso da tecnologia em Itajaí. A iniciativa tem como objetivo criar um espaço nos laboratórios de informática para que os instrutores possam desenvolver atividades que proporcionem aprendizagens práticas, criativas, interdisciplinares e com suporte da tecnologia. O trabalho tem foco na solução de problemas reais e na metodologia “Faça Você Mesmo”.

A intenção do projeto é tornar realidade as ideias de instrutores e seus alunos com a tecnologia como aliada. Através do projeto Maker é incentivado o trabalho em equipe, além de competências estabelecidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como: responsabilidade, cidadania, argumentação, comunicação, autoconhecimento, pensamento científico, crítico e criativo, além de repertório cultural, cultura digital e projeto de vida.

Em setembro do ano passado, a Secretaria de Educação recebeu a doação de dois equipamentos para o Laboratório Maker: uma máquina de corte e uma impressora 3D, que já estão auxiliando os instrutores de informática nos projetos desenvolvidos nas unidades escolares. A partir de abril de 2022, novos instrutores deverão passar pela formação para aplicar a cultura maker em suas escolas. No dia 12 de agosto deste ano, o Município vai realizar a primeira Make Fair (Feira Maker) da Rede.

Outro projeto desenvolvido dentro dos laboratórios de informática da Rede Municipal de Ensino é o “Pensamento Computacional”, que visa oportunizar aos alunos o desenvolvimento de habilidades de criação de ferramentas de escritório, como textos, planilhas, apresentações diversas, linguagens midiáticas, de programação e narrativas digitais, além de sistemas computacionais.

Google for Education

Em 2017, Itajaí fechou uma parceria com a plataforma Google for Education, que foi primordial durante a pandemia de Covid-19. Através dela, professores e alunos puderam ter acesso ao Google Classroom, uma espécie de sala de aula virtual, que permite o compartilhamento de materiais e atividades para ser respondidas e corrigidas de forma on-line. No ambiente virtual, o estudante também pôde trocar mensagens e interagir no mural com o seu professor em tempo real, garantindo assim mais uma forma de esclarecer dúvidas referentes aos conteúdos das videoaulas.