Município de Itajaí amplia faixa etária para mamografia de rastreio do câncer de mama

Foto divulgação

O Município de Itajaí, por meio da Secretaria de Saúde, ampliou a faixa etária para realização do exame de rastreio do câncer de mama em mulheres. A partir de agora, a mamografia poderá ser feita a partir dos 40 anos na rede pública de saúde. Até então o exame era realizado apenas em mulheres de 50 a 69 anos, conforme orientação do Ministério da Saúde. A decisão do Município pela ampliação está alinhada com a instrução da Sociedade Brasileira de Mastologia e tem o objetivo de incentivar o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Para dar início à ampliação da oferta das mamografias, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou na quinta-feira (24) uma capacitação de enfermeiros com foco no rastreio do câncer de mama e orientações sobre as mudanças na faixa etária. A ação ocorre também na próxima quinta-feira (31). A mastologista da rede pública municipal, Talita Siemann, é a responsável pela capacitação dos profissionais de saúde.

O câncer de mama é o mais incidente em mulheres, com exceção dos casos de câncer de pele do tipo melanoma. Ainda de acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, 15% a 20% dos casos da doença são diagnosticados na faixa dos 40 a 49 anos. Por isso, incentivar os exames de rastreio anualmente, a partir dos 40 anos, é fundamental para o diagnóstico precoce e tratamento adequado.

“O planejamento de estratégias de controle do câncer de mama através da detecção precoce é fundamental. O Município adere à nova orientação pela importância da nova diretriz de rastreio. Quanto mais cedo o tumor invasivo é detectado e o tratamento feito, maior a probabilidade de cura”, ressalta a responsável pela Saúde da Mulher de Itajaí, Ana Tereza Canziani Boschi Pereira.