Porto Belo receberá R$ 22 milhões do Governo do Estado

Foto divulgação

Após manifestações por parte do presidente da Amfri e prefeito de Porto Belo Emerson Stein, que se uniu a outros prefeitos da região, o governador do Estado Carlos Moisés reavaliou e incluiu outros municípios no chamado “Plano 1000”, que destina o equivalente a R$ 1 mil por habitante para obras de infraestrutura. Com 22 mil habitantes, Porto Belo receberá a quantia de R$ 22 milhões.

Na busca por incluir os menores municípios no programa, Emerson entregou ofício ao presidente da Fecam Clenilton Pereira no dia 23 de novembro, unindo forças para a causa. O projeto do Governador, que inicialmente contemplava apenas os 50 maiores municípios, agora irá contemplar 70, que juntos concentram mais de 75% da população catarinense. O governo estadual destinará cerca de R$ 7,3 bilhões aos municípios através deste programa.

O prefeito Emerson Stein diz estar satisfeito com a decisão do Governador, considerando os benefícios que estes valores trazem aos Municípios. “Inicialmente só os maiores municípios de Santa Catarina receberiam o benefício, mas entendemos a importância deste projeto também para os demais e decidimos ir em busca deste direito. Em Porto Belo, utilizaremos o recurso para a execução de obras, cujos projetos já estão prontos” – explica. O prefeito agradece o governador Moisés pela ação.

No município de Porto Belo, o recurso será utilizado, inicialmente, para as obras de drenagem e pavimentação da avenida Santino Voltolini e rua Dorvalino Voltolini, ambas no bairro Balneário Perequê. O projeto já está pronto e foi realizado pela empresa Alleanza Arquitetura Urbano e Engenharia, custeado pela Associação das Construtoras de Porto Belo e doado ao município. Para as pavimentações devem ser investidos em torno de R$ 10 milhões.