Pescadores confraternizam no Arrancadão de Canoas Artesanais domingo

Foto divulgação

Marcando o fim da temporada da pesca da tainha, pescadores catarinenses confraternizam em Balneário Camboriú domingo (7), no 4º Arrancadão de Canoas Artesanais. Além da prova de arrancadão de canoas, que são disputas envolvendo duas embarcações por vez, o evento terá outras competições, apresentações artísticas e comercialização de comidas típicas.

A confraternização começa de manhã e vai até o início da noite (confira a programação no fim do texto). São esperados 315 pescadores, que vêm das praias de Itapema, Bombinhas, Governador Celso Ramos, Florianópolis, Palhoça e Imbituba, além das de Balneário Camboriú. As provas vão ocorrer na Praia Central, na Barra Sul. Já as apresentações artísticas e a gastronomia estarão concentradas na Praça do Pescador, no Bairro da Barra (basta atravessar a Passarela da Barra). As competições são para pescadores artesanais, mas o público em geral pode acompanhar as brincadeiras e os shows, gratuitamente.

Estão previstas provas de arremesso de tarrafa, cabo de guerra e escolha do pescador mais antigo e do pescador mais novo. Haverá jogo de dominó (que é a distração nos ranchos enquanto é aguardada a chegada do cardume da tainha), gincana do prato de pirão (vence quem comer mais rápido), escolha da melhor canoa e do rancho que mais pescou durante a temporada da tainha em 2022. Os pescadores também vão disputar uma prova em que terão de recitar versos de improviso.

Promovido pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, Fundação Municipal de Esportes e Equipe Arrancadão, o evento terá shows relacionados à cultura do litoral catarinense. Na programação, estão incluídas apresentações de artistas locais e estaduais, como o grupo Dazaranha. Pratos típicos, como tainha assada, camarão frito, pirão e salada, isca de peixe e churrasco de igreja, serão comercializados na Praça do Pescador.

O Arrancadão de Canoas está de volta em 2022 após um hiato de dois anos dois anos em razão das restrições impostas pela pandemia de Covid-19.

Arrancadão

Prova que dá origem ao nome do evento. Consiste em uma disputa entre duas canoas por vez, na qual os pescadores, a remo, precisam movimentar a canoa como se estivessem cercando a tainha.

 

PROGRAMAÇÃO

DOMINGO (7)

PRAIA – BARRA SUL (NA ALTURA DO NÚMERO 5.770):

7h30: Credenciamento dos participantes

8h: Escolha da melhor canoa

9h: Cerimônia de abertura com a presença das autoridades

9h45: Competição de Arremesso de Tarrafa

10h: Eliminatórias do Arrancadão das Canoas